Ataque ao Gyökeres vale castigo pesado para Francisco J. Marques

Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, enfrenta uma suspensão de 50 dias e uma multa de 8.160 euros. Esta sanção foi imposta pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), na sequência de um processo disciplinar iniciado em dezembro do ano passado.

O processo disciplinar deveu-se a declarações feitas por Francisco J. Marques na comunicação social, especificamente no Porto Canal, relacionadas com um jogo entre o FC Porto e o Sporting. Na ocasião, Marques manifestou-se sobre um lance do jogo, alegando que o jogador Gyökeres do Sporting deveria ter recebido um cartão vermelho.

O Conselho de Arbitragem da FPF, atento ao teor destas declarações, moveu a participação que originou o processo. O Conselho de Disciplina da FPF qualificou as declarações de Marques como uma “lesão da honra e da reputação e denúncia caluniosa”, levando à decisão de suspensão e aplicação da multa.

Esta sanção vem reiterar a importância da responsabilidade e do respeito pelas normas éticas no futebol, especialmente no que toca às declarações públicas de figuras influentes nos clubes. A suspensão de Francisco J. Marques é um claro exemplo das consequências de declarações consideradas inapropriadas pelas entidades reguladoras do futebol português.


Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *